Família Oliveira

Família Oliveira

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Canta



Queria cantar-te uma canção singela,

mas a voz me escapa,

foge-me o ritmo ...



Como poderia cantar-te

se és o sublime dos versos,

se és a melodia da canção mais bela,

se és a própria alma da poesia

penetrando meus labirintos,

silenciando-me,

nutrindo-me de paz

e poesia?...


Carmem by Daniela Christina

3 comentários:

  1. Escrevi esta poesia para o amigodaalma.

    Carmen Regina

    ResponderExcluir
  2. Parabéns...muito bela mensagem... verdadeiramente da alma... Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  3. Estou adorando suas vizitas...entre e fique avontade...vc enriquece este blog...Bjins no core!!!

    ResponderExcluir

Olá!!! Seja bem vindo(a)!!!
Deixe seu comentário...Sua opinião é importante pra
melhoria do nosso blog...
Abraços a todos...
Obrigada!!!